Uma Análise da Satisfação e Motivação Académica no Ensino Superior Português

Acrónimo do projeto: 
ESMAESP
Data início do projeto: 
03/01/2009
Data fim do projeto: 
03/31/2012
Investigadores principais: 
Investigadores Externos: 
Rui Brites; Minoo Farhangmehr; Odília Gouveia (Grantee); Marvin Peterson (Consultant)
Instituição proponente: 
CIPES - Centro de Investigação de Políticas do Ensino Superior
Instituições participantes: 
CIPES, Portugal; Michigan University, US
Descrição do projeto: 
Os docentes juntamente com os alunos constituem um grupo importante que contribui para a cultura institucional. Os acadêmicos são um recurso fundamental dentro das instituições de ensino superior tendo um papel importante na consecução dos objetivos da instituição. A centralidade do papel do corpo docente faz dele um escultor da cultura institucional. O desempenho do corpo docente como professores e investigadores determina grande parte da satisfação do aluno e tem impacto na aprendizagem dos alunos e, portanto, na contribuição das instituições de ensino superior (IES) para a sociedade. Apesar de vários estudos terem analisado este tópico em todo o mundo, pouco se conhece no contexto do ensino superior em Portugal. Este estudo tem como objetivo identificar as questões e seus impactos na motivação e satisfação profissional do pessoal docente, oferecendo reflexões adicionais sobre as relações e estratégias que podem promover essas qualidades e, consequentemente, a produtividade. O objetivo é compreender os parâmetros da satisfação no trabalho e motivação no corpo docente. Os objetivos são: 1. Determinar as dimensões associadas à satisfação no trabalho e motivação do pessoal docente; 2. Analisar como a satisfação no trabalho e a motivação diferem entre subgrupos; 3. Determinar as relações entre satisfação e motivação; 4. Fornecer reflexões sobre os pontos fortes e fracos sobre a carreira docente dentro do Sistema de ensino superior; 5. Produzir documentos que possam ser amplamente divulgados para uso e benefício das IES em Portugal.
Montante de financiamento: 
85.000
Entidade financiadora: 
FCT