Percursos vocacionais e vivências académicas: O caso dos alunos maiores de 23 anos